Significados dos símbolos da alquimia elementar

Significados dos símbolos da alquimia elementar

No nível mais básico, os símbolos da alquimia elementar representam o eu bruto; tendo a capacidade de ser transmutado em um eu superior e incorruptível. Neste post vamos conhecer os símbolos dos elementos da alquimia e seus significados filosóficos.

O reino da alquimia está repleto de significados ocultos e duplos. Assim como cada elemento tem uma representação física, também tem um significado filosófico na escola alquímica de pensamento.

Deve-se notar que os antigos fundadores da alquimia eram avidamente leais ao seu ofício. Tanto é verdade que muitos dos materiais de referência remanescentes são bastante obscuros.

Os alquimistas dedicaram grande parte de sua arte para garantir que o buscador fosse determinado e dedicado ao aprendizado. 

Esta técnica é eficaz – uma vez que um buscador mergulha no mundo da alquimia; muitos são dissuadidos pela complexidade e obscuridade em torno do significado alquímico.

A seguir, vamos conhecer alguns símbolos da alquimia, e seus significados. Com certeza, esta compreensão ajudará ainda mais nos estudos. Afinal, é como sempre falo: a alquimia tem muitas áreas de estudo dentro dela, por isso, leva tempo até que a contemplemos.

Significados dos símbolos da alquimia

Antimônio

símbolos da alquimia

Um metalóide, o antimônio, se assemelha ao metal em sua aparência e propriedades físicas, mas não reage quimicamente como um metal. 

Este símbolo elemental da alquimia representa as tendências animais encontradas na humanidade – uma natureza selvagem em todos nós.

Algumas vezes, é representado no simbolismo alquímico pelo lobo, pois o metal representa o espírito livre do homem ou a natureza animal. Use este símbolo quando estiver se sentindo manso – ele o lembrará do poder animal que habita dentro de você.

Arsênico

O arsênico é um metalóide notoriamente venenoso que possui três formas alotrópicas; amarelo, preto e cinza. Ele e seus compostos são usados ​​como pesticidas, herbicidas, inseticidas e várias ligas. 

Ele é um dos símbolos da alquimia e era usado para curas medicinais e mágicas. Dizia-se que um composto de arsênio e enxofre induzia transes de iluminação e ascensão e direção filosófica.

Cobre

Este é um dos vários símbolos da alquimia (inclusive é um símbolo tradicional de Vênus). O cobre é um metal de cor avermelhada, com alta condutividade elétrica e térmica (entre os metais puros à temperatura ambiente, apenas a prata apresenta maior condutividade elétrica). 

Ele foi associado à deusa Afrodite/Vênus na mitologia e na alquimia, devido à sua beleza lustrosa, seu uso antigo na produção de espelhos e sua associação com Chipre, que era sagrado para a deusa. 

O símbolo do cobre também é o símbolo planetário para Vênus. Como tal, este símbolo incorpora características como amor, equilíbrio, beleza feminina e criatividade artística

Veja também: O significado dos planetas na Alquimia

Ouro

símbolos da alquimia

Um metal de transição macio, brilhante, amarelo, pesado, maleável, dúctil (trivalente e univalente). Um dos elementos mais valorizados, o ouro representa a perfeição em todas as matérias, em qualquer nível. 

Também simboliza o objetivo da humanidade de obter perfeição na mente e no espírito. A ideia da alquimia de transformar ferro ou chumbo em ouro é mais sobre a jornada humana para se tornar ouro, ou seja, tornar-se melhor e se transformar em alguém de alto valor. 

Ferro

O ferro é o metal mais abundante e acredita-se que seja o décimo elemento mais abundante no universo. Na alquimia, ele é representativo do planeta Marte na astrologia. 

Como tal, o ferro rege a força física e simboliza a energia predominantemente masculina. Também é digno de nota que o símbolo do ferro também é o mesmo símbolo para o masculino. 

Filosoficamente, o ferro representa uma necessidade de moderar os impulsos primitivos e, ao mesmo tempo, abraçar o fogo interior.

Chumbo

O chumbo tem é um metal branco-azulado denso, dúctil, muito macio, altamente maleável e com baixa condutividade elétrica. 

Este verdadeiro metal é altamente resistente à corrosão. Como um dos símbolos da alquimia, o chumbo é o governante das trevas, a matéria prima. É governado por Saturno e combinado com a prata cria um elemento purificado chamado Mercúrio Filosófico.

Prata

símbolos da alquimia

A prata é um metal de cunhagem univalente muito dúctil e maleável (ligeiramente mais duro que o ouro) com um lustre metálico branco brilhante que pode receber um alto grau de polimento. 

Ele tem a maior condutividade elétrica de todos os metais, ainda maior do que o cobre, mas seu maior custo o impediu de ser amplamente utilizado no lugar do cobre para fins elétricos. 

Na alquimia, a prata é um dos três metais básicos frequentemente usados ​​como matéria-prima no início de uma obra. 

Além disso, o símbolo alquímico da prata está associado à lua. Como tal, a prata contém traços filosóficos da persuasão feminina, bem como atributos de intuição, sabedoria interior e contemplação. Além disso, a expressão artística profunda pode ser aproveitada com o uso de prata.

Estanho

O estanho é um metal maleável, dúctil, altamente cristalino, branco prateado, cuja estrutura de cristal causa um “cristal de estanho” quando uma barra de estanho é dobrada (causada pela quebra dos cristais). 

Ele atua como um catalisador quando o oxigênio está em solução e ajuda a acelerar o ataque químico. O estanho como um dos símbolos da alquimia é representativo do planeta Júpiter. 

Ser governado por Júpiter coloca o estanho em conexão com a respiração e pode ser filosoficamente visto como o sopro da vida. 

O estanho também acrescenta uma lição filosófica à vida de que sozinho é mais fraco do que se fosse combinado com outro elemento símbolo da alquimia.

Enxofre

É um abundante, insípido, inodoro e não metálico. O enxofre, em sua forma nativa, é um sólido cristalino amarelo. Na natureza, ele pode ser encontrado como o elemento puro ou como minerais sulfeto e sulfato. 

É um elemento essencial para a vida e é encontrado em vários aminoácidos. Também considerado um símbolo da alquimia elementar transcendente – o enxofre representa a multiplicidade da natureza humana e a aspiração eterna de alcançar a iluminação. 

Conforme indicado pelo símbolo, o enxofre representa a tríade da ascensão – que pode ser vista como uma trindade sagrada. O enxofre também é uma das três substâncias celestiais na ciência alquímica (as outras duas são sal e mercúrio.

Esses são alguns dos principais símbolos da alquimia elementar, ou seja, aqueles mais associados ao eu bruto, ou que pode ser transmutado.

Espero que tenha gostado e que este artigo tenha sido esclarecedor pra você!

Sobre o autor | Website

Estudante de hermetismo e esoterismo, compartilho com você material, referências e reflexões dos meus estudos nessas áreas.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!