Thoth: O Deus Egípcio da Sabedoria e do Conhecimento

Thoth: O Deus Egípcio da Sabedoria e do Conhecimento

“Homem com cabeça de íbis, as vezes representado por um babuíno com chapéu da lua cheia e crescente. Deus da sabedoria, magia, ciência, medicina, escrita, matemática, da lua e do tempo, aquele que mantem a ordem no universo.”

Considerado o Deus da Sabedoria e da escrita, Thoth era também grande conhecedor de matemática, astronomia e magia, que eram as áreas que naquele tempo representavam todos os conhecimentos científicos. Há também uma antiga associação de Thoth como Deus da Lua.

Representado com a imagem de um Íbis, ou seja, de um pássaro com um bico parecido com a lua, os egípcios consideravam o Íbis um animal sagrado. Além disso, Thoth aparece com a cabeça de babuíno. Na mitologia grega ele é o Deus Hermes e na romana o Deus Mercúrio.

Thoth, o Escriba do Submundo

Acreditava-se que ele era o escriba do submundo e mestre das leis divinas e física. Um fato interessante é que segundo conta a lenda, ele era quem mantinha a biblioteca dos deuses. Por isso, era considerado o Deus da Sabedoria.

O Deus egípcio Thoth escreveu obras importantíssimas, como o “Livro de Thoth” e o “Livro dos Mortos“, ambos contendo os segredos do Universo. Não é à toa que era considerado o deus mais instruído da história antiga e árbitro entre as forças do bem e do mal.

Deus Thoth

O vidente contanto o futuro da rainha

Podemos dizer que Thoth — Hermes Trismegistos para alguns — é um desses personagens históricos incorporados pela mitologia. Ele passou pelo mundo quando as civilizações da Segunda Era viram sua cultura ser tragada pelos oceanos.

Digamos que foi ele a ponte entre o velho e o novo mundo, o responsável por transmitir o alto conhecimento da civilização, que morria para a nova que nascia. Sua maior contribuição para que isso acontecesse foram os escritos herméticos.

Na Mitologia Egípcia era um deus lunar que, ao por do sol, tentava amenizar a escuridão com sua luz. Na lenda de Osíris, protegeu Ísis durante sua gravidez e curou seu filho Hórus quando Seth arrancou seu olho esquerdo. Na interminável batalha entre o deus Sol Rá e a serpente Apópis, Thoth ajudou nessa luta.

Acreditava que ele, junto com Maat — Deusa Egípcia da Justiça — ficavam em cada lado do barco de Rá (Sol) enquanto ele cruzava os céus. Outra invenção atribuída a esse deus, além da escrita e das artes herméticas é o Tarô, frequentemente referido como “O Livro de Thoth“.

Tribunal de Osíris

Deus Thoth - Julgamento de Osíris

O Tribunal de Osíris.

No tribunal de Osíris, era ele quem anotava o resultado da vida de quem estava sendo julgado e as entregava para Osíris.

No Egito antigo, acreditava-se que após a morte a alma da pessoa passaria pelo julgamento de Osíris. Nele, parte da alma — que era representada pelo coração — era colocada numa balança e seu peso comparado com o da pena da verdade. Thoth ficava ao lado da balança.

Dependendo do resultado do Julgamento, o indivíduo ou poderia se juntar a outros deuses no além ou, caso não conseguisse se desculpar com orações e feitiços, ser devorado por Ammit, o devorador de almas.

Outras curiosidades sobre o Deus Thoth

  • Rá deu a Thoth a lua para balancear o sol;
  • Diz a lenda que ele ganhou autoridade quando sobre o homem quando foi nomeado ajudante de Rá;
  • O olho de Thoth — também chamado “olho de Rá” — é associado às frações na Matemática, às partes de um todo, tal como acontece com as fases da lua (1 divido pelos seis múltiplos de dois);
  • Thoth desceu a terra trazendo “os segredos que pertenciam ao horizonte”.

Veja também:

Sobre o autor | Website

Estudiosa de Hermetismo, Alquimia, Tarô e Cabala. Interesse especial em Iconografia Alquímica. Idealizadora da Página Hermetismo e Alquimia, do Grupo de Estudos Herméticos conteudista do Projeto Mulheres da Magia.

Entre para nossa lista VIP e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário