Entenda o que é o Nous

Saudações amigos, 

Em nossas leituras e estudos, não será uma só vez que encontramos ou encontraremos o termo “Nous” e como muitas pessoas não sabem do que se trata — eu mesma não sabia — pesquisei e trouxe aqui para o blog algumas coisas interessantes sobre ele. Assim, quando estivermos em nossas leituras, vamos saber do que se trata.

Afinal, o que é Nous?

Etimologicamente, em grego antigo, o termo se refere à “mente”, “intelecto”, “razão”. Na Filosofia Clássica, há várias aplicações dele, mas todas nos levam a duas coisas superiores relacionadas ao termo “pessoa”. São elas:

  • Nous associado ao Ser Criador de todas as coisas, o Nous Divino; e
  • Um atributo do Ser pessoa, inteligente, soberano e que cria todas as coisas.

Na verdade, Nous é um termo filosófico grego que não tem um tradução específica ou direta para nossa língua, mas está associado à atividade do intelecto ou da razão em oposição à atividade dos sentidos. Muitos autores consideram o termo como sinônimo de “inteligência” ou “pensamento”.

Nous também é utilizado para descrever uma forma de percepção que opera dentro da mente — o “olho da mente” — e não apenas através dos sentidos.

Nous, no Corpus Hermeticum

Em nossos estudos herméticos, especificamente no Corpus Hermeticum, vimos o termo sendo utilizado neste sentido.

“Eu sou Poimandres, o Noús da Soberania absoluta. Eu sei o que queres e estou contigo em todo lugar. Sou eu, Noús, teu Deus, aquele que existe antes da natureza. Conheça o que quero dizer através do que em ti vê e ouve (o teu íntimo), é o Verbo do Senhor e, teu Noús é o Deus Pai. Não são separados um do outro, pois esta união é que é a vida”.

Nous Sabedoria

O Corpus Hermeticum – é um conjunto de textos — também chamado de Hermética — escrito entre 100 e 300 d.C., no Egito, resultante de múltiplas influências. Foi escrito no período da Pax Romana, que colocou o Egito em contato com o restante do antigo Império Romano.

Escrito na primeira pessoa por Thoth ou Hermes Trismegistus, conta as coisas que para ele foram reveladas por Noús  uma espécie de deidade absoluta também conhecida como Poimandres, responsável pela mente e pela luz da alma da humanidade.

Definições na Filosofia

O significado ambíguo que o termo possui é resultado se sua apropriação por diversos filósofos ao longo do tempo. Eles denominação o termo utilizando diversos conceitos e ideias. Deste modo, Nous pode ter significados diferentes, dependendo do contexto e do filósofo. É o que explica a palavra referindo-se ora a uma característica ou faculdade mental, ora a uma correspondente qualidade de Deus ou do Universo.

Vamos conhecer o termo de acordo com a opinião de alguns filósofos:

Platão: segundo o filósofo, nous é a parte racional e imortal da alma. É o divino e atemporal pensamento no qual as grandes verdades e conclusões emergem imediatamente, sem a necessidade de linguagem ou premissas.

Homero: usou o termo significando atividade mental em termos gerais. Mas, entre os pré-socráticos, o termo foi sendo gradualmente ligado ao saber da razão, em contraste com o conhecimento derivado dos sentidos.

Plotino: descreveu nous como sendo umas das emanações do ser divino.

Aristóteles: na metafísica, Aristóteles identifica o nous divino como o primeiro motor das coisas, aquilo que move o todo na qualidade de causa final, distinguindo entre nous ativo e passivo. O primeiro é a eterna causa primeira de todas as subsequentes causas do mundo, e o segundo é afetado pelo conhecimento. Também a Aristóteles se deve a noção de nous como faculdade de intuir os princípios indemonstráveis.

Anaxágoras: descreveu nous como a divina razão universal que ordenou o mundo a partir do caos original, iniciando o desenvolvimento do cosmos.

E então, entendeu o que Nous significa? Diga-me o que você achou do texto e, se tiver algo a acrescentar, utilize o campo de comentários!

Veja também:

 

Bibliografia utilizada:

Wikipédia

O Nous – site Remanescentes

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!