Acompanhe nossas atualizações!

Acompanhe nossas atualizações!

Inscreva-se na nossa lista VIP e seja informado sobre novos artigos!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

A única linguagem que o universo entende é a vibração

A única linguagem que o universo entende é a vibração

Desde que comecei a ler/ estudar sobre lei da atração, e mais recentemente Mecânica Quântica, vejo muito métodos, repetições, afirmações etc.

Longe de mim desacreditá-las. Mas, não devemos esquecer uma coisa muito importante: todas essas ferramentas, por si só, não produzem efeito nenhum se estiverem despidas de intenção.

Vamos entender o que isso significa? Então, vem comigo!

Por que a lei da atração não funciona para mim?

Muita gente pergunta isso. Elas seguem todas as orientações, fazem as afirmações, visualizações, rezas… mas, o pedido não vem.

Elas continuam atraindo o que não querem. Exatamente o que não querem! Que triste, não é mesmo?

O que acontece? Por que somente algumas pessoas se “dão bem” com a lei da atração? Que campo eletromagnético é esse que beneficia apenas alguns?

É muito simples: os métodos são apenas isso, métodos. Eles podem ser eficazes ou não. O fator determinante aí é a pessoa, ou melhor, a intenção da pessoa que está utilizando ele.

Sendo assim, eu poderia dizer que se você está na frequência certa, que é da prosperidade, da alegria e da abundância, não precisa de nada para atrair o que você deseja.

Você pode fazer afirmações? Pode. Visualizações? Pode. Carta ao Universo? Também. Na verdade, basta um pensamento.

Se a sua vibração está elevada, o campo eletromagnético faz com que você receba aquilo que está querendo sem a necessidade de mais nada.

O mesmo ocorre quado você está vibrando no medo. E na falta também. Não é necessário fazer nada para atrair eventos, pessoas, situações desagradáveis. Basta emitir essas vibrações.

É a lei, minha gente. É pura física. Pensou, manteve a intenção no pensamento/ sentimento? Vem até você.

Leia também: O que significa o Despertar Espiritual?

Basta um pensamento para criar

Quando dizemos que o Universo não entende palavras e sim vibração, fica muito claro. Somos todos feitos de ondas de energia.

O que emitimos com nossa vibração é a frequência em que estamos sintonizados. Ao enviarmos um pensamento, estamos fazendo nosso pedido no “restaurante” do Cosmos, como costumo dizer.

Se mantivermos a intenção, o foco e mais e mais sentimentos em relação a esse pensamento, chega uma hora que o garçom vem e entrega nosso pedido.

Mas, Lidiane, se isso acontece para o bem e para o mal, por que é tão difícil criar coisas boas e tão fácil criar as ruins?

Porque a nossa frequência está baixa. Vibramos na frequência do medo, da falta, da inveja, da doença. Sendo assim, o que temos que fazer para atrair o que queremos, com um só pensamento — como o Hélio Couto diz: pensou, criou — é elevar nossa frequência.

Se temos que investir em algo nessa vida é na limpeza de crenças limitantes. Elas criam bloqueios que nos impedem de acessar frequências mais elevadas.

Não vou dizer aqui para você como eliminar crenças limitantes. Mas, digo que é muito importante focar nisso. Existem profissionais — terapeutas, psicólogos — que trabalham com as técnicas corretas. O próprio Hélio Couto, com a Ressonância Harmônica.

Enfim, felizmente existem muitos colegas que estão preparados para nos ajudar na eliminação dessas crenças que atrapalham nosso crescimento, impedindo-nos de ascender e criar, de fato, a realidade que queremos para nós.

Espero que você entenda qual linguagem que o universo entende e foque agora não nos métodos, mas na sua frequência.

Se você acha que foi útil e pode ajudar outras pessoas também, não deixe de compartilhar nas suas redes sociais.

Paz e luz!

Escute a mensagem abaixo: ela tem tudo a ver com o post!

Tags: | |

Sobre o Autor

Lidiane Franqui
Lidiane Franqui

Eu tenho uma missão e quero cumpri-la com amor e paciência. Cada texto ou reflexão minha é parte dessa missão e eu vos convido a fazer parte dela.

0 Comentários


Deixe uma resposta